There is no ads to display, Please add some

EVENTOS PASSADOS

Etapa Pireneus agitou Cocalzinho de Goiás pela Copa Centro-Oeste

Depois da ótima abertura na Chapada dos Veadeiros, a Copa Centro-Oeste de Corridas de Montanha teve sua segunda etapa no dia 5 de agosto. Cozinho de Goiás recebeu os atletas para a Etapa Pireneus. O ponto alto da prova foi o Pico dos Pireneus, com 1.385 metros.

Os corredores buscaram preciosos pontos no ranking em três percursos: o curto, com 6K; o médio, com 12K; e o longo, com 21K. O primeiro atleta a cruzar a linha de chegada foi Handy Ulacia de Moraes, que fechou o curto em 37:22. Entre as mulheres, a vencedora da distância e primeira a chegar foi Marilia Jorge Bastos, em 47:34.

A Copa Centro-Oeste tem apenas três etapas. A terceira e última será em 14 de outubro, em Pirenópolis. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas aqui.

Copa Centro-Oeste de Corridas de Montanha – 2018

Etapa Pireneus – Cocalzinho de Goiás – GO

Resultado Geral

Percurso curto – Feminino

1º – Marília Jorge Bastos – 47:34

2º – Vanessa Borges – 48:25

3º – Thayrine Pereira – 52:41

 

Percurso curto – Masculino

1º – Handy de Moraes – 37:22

2º – Guilherme Freitas – 42:31

3º – Ronaldo de Jesus – 43:28

 

Percurso médio – Feminino

1º – Patrícia de Andrade – 1:20:25

2º – Neurizete Souza – 1:34:03

3º – Fernanda da Silva – 1:34:19

 

Percurso médio – Masculino

1º – Raimundo Alves – 1:22:40

2º – Robson de Araújo – 1:23:38

3º – Aldo Tavares – 1:27:51

 

Percurso longo – Feminino

1º – Gleise Botelho – 2:26:58

2º – Keila Aparecido – 2:28:54

3º – Dirce Maia – 2:34:08

 

Percurso longo – Masculino

1º – Sony Anderson – 1:48:26

2º – Juraci da Silva – 1:55:42

3º – Marcio Rodrigues – 1:58:42

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 09/08/2018 at 19:07

Categories: DESTAQUES, EVENTOS PASSADOS, NOTICIAS   Tags: , , , ,

Prova dura testa os atletas na Etapa Maricá

Maricá recebeu na manhã do dia 15 de julho a quinta etapa do Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha. Os atletas mediram força nas montanhas do Espraiado, consideradas as mais duras da competição. No percurso longo, de 22K, a elevação acumulada passou dos 1.000 metros e, apesar da extrema dificuldade, brindou os atletas com um visual ímpar. Vale ressaltar a belíssima estrutura do Horse Center que abrigou a arena da prova.

“Prova muito boa. Dura, subidas pesadas, descidas longas e muito visual bacana. Até agora, acredito que foi a prova mais dura do circuito 2018. Gostei bastante do percurso”, disse Lucas Rocha, primeiro lugar no geral da categoria médio e que lidera o ranking geral do circuito após brilhar também nas etapas Lumiar e Ilha Grande. Nas etapas de Teresópolis e Maromba ele não foi tão bem, mas mesmo assim foi imbatível na sua faixa etária, levando o primeiro lugar nas duas.

Faltando ainda duas etapas Petrópolis (19 de agosto) e Paraty (30 de setembro), ele segue firme rumo ao título. Quem também está na disputa pelo título no final do ano é Theo Moraes, o atleta disputa na categoria até 34 anos.

“Prova sensacional, cenário incrível com muitas montanhas, riachos e uma mata incrível. Cada vez mais apaixonado pelas corridas de montanha e treinando para os desafios que estão vindo pela frente. Consegui o primeiro lugar na faixa etária nessa etapa e fiquei muito feliz. Foi uma prova bem difícil com a trilha muito técnica. Tanto as subidas quanto as decidas eram bem desafiadoras. No final correu tudo bem e foi maravilhoso passar pela linha de chegada e encontrar os amigos”, afirmou ele.

Fábio Galvão, organizador do campeonato, ressalta o aspecto competitivo da prova e a disputa por pontos importantes no ranking, mas lembra que outra característica do trail run e das corridas de montanha é a cooperação e a diversão, buscando a harmonia com a natureza. “Nas corridas de montanha é preciso ser ecologicamente correto, por isso damos na largada e na chegada todo o apoio de hidratação ao atleta, mas no percurso ele deve ser autossuficiente. Nas nossas provas não há pontos de hidratação no percurso”, avisa o organizador.

As inscrições para a próxima etapa, em Petrópolis já estão disponíveis no site.

Resultado Geral

Curto Feminino

1º – Mirian Pereira da Silva – 46:11

2º – Barbara Pugliese – 52:10

3º – Cristiane Xavier – 53:35

Curto Masculino

1º –  Ricardo Moraes – 33:24

2º – Flaviano Marins – 35:32

3º –  Alexsander Menezes – 38:30

 

Médio Feminino

1º – Cláudia Simões – 1:48:59

2º – Cristina Melo – 1:55:25

3º –  Marcia Capucci – 1:57:54

 

Médio Masculino

1º – Lucas da Rocha – 1:19:32

2º – Mateus da Silva – 1:22:00

3º –  Fabio Celso – 1:25:50

 

Longo Feminino

1º – Adriana Rosa – 3:19:22

2º –  Dayana Nascif – 3:29:24

3º – Maria Helena da Silva – 3:38:09

 

Longo Masculino

1º – Gleiciomar dos Santos – 2:17:47

2º – Humberto Santanna – 2:42:40

3º – Agilson dos Santos – 2:44:57

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 17/07/2018 at 15:54

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags: , , , ,

Copa Paulista esquenta a charmosa Campos do Jordão

A fria e bela Campos do Jordão ferveu no último domingo (10/06) com mais uma etapa da Copa Paulista de Corridas de Montanha. A quarta das sete etapas previstas para 2018 reuniu os melhores atletas amadores de trail run de São Paulo. E entre eles alguns atletas importantes no cenário nacional, como Ivan Pires, campeão do longo, com o tradicional percurso do Pico do Diamante; e Cyntia Terra, campeã do médio. Há um mês a atleta integrou a seleção brasileira que disputou o Campeonato Mundial de trail run na Espanha.

“Adorei a prova. Campos do Jordão é local que eu gosto muito e poder correr uma boa prova por lá me deixa muito feliz. Uma prova bem variada e técnica. Fiz o percurso médio, que era o que encaixava na minha planilha. A prova teve momentos em que foi possível desenvolver a corrida em velocidade, mas também uma descida muito técnica e uma subida insana. Acho que todos saíram de lá bem felizes com a prova”, disse Cyntia.

No percurso curto, o destaque foi Russo Balboa, figura conhecida nas montanhas paulistas. O atleta foi o primeiro a cruzar a linha de chegada, em 52:06. Entre as mulheres a primeira a chegar foi Luciana Cunha, que marcou 1:38:42 no curto.

A etapa Campos do Jordão acirrou ainda mais a disputa pelo topo do ranking no geral e nas faixas etárias. Com mais de 50% das provas disputadas, os atletas entram na reta final buscando pontos importantes para garantir presença na Etapa Nacional, em 24/11, em Lapinha da Serra-MG. A etapa nacional vai reunir os melhores atletas da Copa Paulista, do Campeonato Fluminense, da Copa Centro-Oeste e do Circuito Norte-Nordeste.

A Copa Paulista segue com três etapas: Pedra Grande de Atibaia (22/07), Trabiju (02/09) e Paranapiacaba (21/10).

 

Resultado Geral

Feminino – Percurso Curto

1º – Luciana Cunha – 1:38:42

2º – Francilene Bugatti – 1:40:36

3º – Maria de Lourdes Carvalho – 1:41:29

 

Masculino – Percurso Curto

1º – Russo Balboa – 52:06

2º – Alisson Borges – 55:57

3º – Glauco Ceragioli Filho – 56:58

 

Feminino – Percurso Médio

1º – Cynthia Terra – 1:44:03

2º – Luciana Duarte – 2:29:51

3º – Maria José Araújo – 2:33:53

 

 

Masculino – Percurso Médio

1º – Edvando Nogueira – 1:33:12

2º – Kleber de Souza – 1:40:35

3º – Marcos dos Santos – 1:40:42

 

Feminino – Percurso Longo

1º – Lucia Magalhães – 2:16:10

2º – Carla Bissotto – 2:40:00

3º – Mercia Silva – 3:20:53

 

Masculino – Percurso Longo

1º – Ivan Pires – 1:55:18

2º – José Celso Gonçalves – 2:06:42

3º – Lucas Dias – 2:14:30

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 12/06/2018 at 16:07

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags: , , , ,

Etapa Pireneus, em Cocalzinho de Goiás, é a próxima parada da Copa Centro-Oeste de Corridas de Montanha – Guia com cronograma e percursos

Depois da ótima abertura na Chapada dos Veadeiros, a Copa Centro-Oeste de Corridas de Montanha já se prepara para a Etapa Pireneus, a segunda das três etapas previstas para a competição, em 5 de agosto. O ponto da prova é o Pico dos Pireneus, situado na divisa dos municípios de Cocalzinho de Goiás – onde será a largada e chegada. Com 1.385 metros, ele é um dos principais atrativos do Parque Estadual da Serra dos Pireneus.

Os corredores vão buscar preciosos pontos no ranking em três percursos: o curto, com 6K; o médio, com 12K; e o longo, com 21K. Em 2017, a largada foi uma sensação térmica de 3 graus. Fabio Galvão Borges, organizador do evento, lembra que a competição é curta, com apenas três etapas e quem ficar de fora pode se complicar na luta por uma boa posição.

“A Copa Centro-Oeste tem apenas três etapas e o corredor que quiser brigar pela ponta e pela chance de ir para a etapa nacional tem que somar pontos nas três etapas. Mas a corrida de montanha não é só competição. Correr a Etapa Pireneus é uma chance única de desbravar um percurso de rara beleza”, afirma Fábio.

E não é exagero. O Parque Estadual da Serra dos Pireneus fica a 20 quilômetros de distância da cidade de Pirenópolis e é uma área com cenário lindíssimo, com cerrados rupestres de altitude nas formações rochosas e nas nascentes. No ponto mais alto, a 1.385 metros, há uma pequena capela. Suas encostas delimitam o Planalto Central e são divisoras das águas de duas bacias importantes bacias hidrográficas do continente: a Platina e a Tocantinense.

É com este cenário que o corredor poderá aproveitar algumas características das corridas de montanha: a cooperação e a diversão.

As inscrições são limitadas e já podem ser feitas no site do evento, onde também há todas as informações sobre a prova, com regulamento, altimetria, premiação e cronograma.

Clique aqui e veja todas as informações da prova: cronograma, como chegar e mapa dos percursos

 

Copa Centro-Oeste de Corridas de Montanha – 2018

Etapa Pireneus – Cocalzinho de Goiás – GO

5 de agosto – largada 8h

Entrega de kits dias 4 e 5

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 29/05/2018 at 09:29

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags: , , , ,

Disputa acirrada na Chapada dos Veadeiros, na abertura da Copa Centro-Oeste

Neste domingo, 20 de maio, o município de Alto Paraíso de Goiás, no coração do cerrado, teve a honra de ver a largada e a chegada da Etapa Chapada dos Veadeiros, a primeira da Copa Centro-Oeste de Corridas de Montanha. Os atletas correram pelas trilhas técnicas típicas do cerrado goiano em três percursos: 6K, 14K e 21K.

O primeiro atleta a cruzar a linha de chegada foi Felipe Damasceno. Numa disputa eletrizante, ele venceu o percurso curto em 34:49, apenas sete segundos à frente do segundo e terceiro colocados, João Ibanhez e Ronaldo de Jesus, que cruzaram a linha praticamente juntos.

Entre as mulheres, a primeira a chegar foi Vanessa Rodrigues, que fechou os 6K em 45:16.

A região recebeu os atletas que gostam de um bom passeio e de uma competição em percursos técnicos, importantes para uma boa corrida de montanha.  A prova contou pontos para o ranking, que vai reunir no fim do ano os melhores atletas amadores do Brasil na etapa nacional, em Lapinha da Serra, na Serra do Cipó, em Minas Gerais.

O triatleta Sony Anderson mora em Pirenópolis-GO e ainda não conhecia o percurso da prova. Se arriscou no percurso longo, venceu com sobras e elogio o evento.

“Foi uma prova bastante técnica. Foi a primeira vez que estive no local da prova. E apesar de não conhecer o lugar, sabia que encontraria uma pedreira pela frente. Mas eu gosto de desafios e novas aventuras. O cenário é perfeito, com características precisas para uma corrida de montanha.

Além de técnica, a prova ofereceu um cenário perfeito com uma natureza exuberante e uma ótima organização. Tenho certeza de que quem foi já quer colocar em seu calendário de 2019″.

A próxima etapa da Copa Centro-Oeste é Pireneus, em 5 de agosto.

 

Resultado Geral

Curto Feminino

1º – Vanessa Rodrigues – 45:16

2º – Thayrine Pereira – 49:21

3º – Valnerina dos Anjos – 51:49

 

Curto Masculino

1º – Felipe Damasceno – 34:49

2º – João Ibanhez – 34:56

3º – Ronaldo de Jesus – 34:57

 

Médio Feminino

1º – Patrícia Andrade – 1:31:21

2º – Patrícia da Cunha – 1:55:00

3º – Agne Carvalho – 1:56:02

 

Médio Masculino

1º – Ederson Rodrigues – 1:18:55

2º – Carlos Alexandre Azevedo – 1:22:15

3º – Luã Mendes – 1:23:12

 

Longo Feminino

1º – Gleise Botelho – 2:23:35

2º – Marlene dos Santos -2:30:51

3º – Rafaella Costa – 2:32:13

 

Longo Masculino

1º – Sony Anderson da Silva – 1:42:08

2º – Diego Campos – 1:44:36

3º – Toshiro Kishi – 1:45:26

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 21/05/2018 at 20:04

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags: , , , , ,

Copa Paulista esquentou as montanhas de Monteiro Lobato

Em um belíssimo domingo de sol, com uma temperatura agradável, a Copa Paulista de Corridas de Montanha esquentou as montanhas da bucólica Monteiro Lobato, região paulista da Serra Mantiqueira.

Depois de passar por Mairiporã e São Bento do Sapucaí, a competição chegou em 29/04 a um dos lugares mais procurados pelos corredores de montanha. Em jogo, pontos preciosos no ranking da Copa Paulista.  Às 8h, corredores largaram da praça do Bairro do Souza para três percursos: o curto, de 6K; o médio, de 12K; e o longo, de 21K.

O primeiro atleta a chegar foi Arthur Monteiro, morador de Monteiro Lobato, e integrante da equipe de jovens talentos do experiente Hamilton Miragaia. Arthur, que faz parte da seleção brasileira de Skyrunning, fechou o percurso curto em 45:21. Entre as mulheres, a primeira a chegar, também no curto, foi Marina Barreto, em 1:22:01.

“Apesar de ser uma das provas mais difíceis que enfrentei até agora, com 3Km loucos e cheios de subidinhas de Everest, acabei me surpreendendo com o resultado e com a indescritível sensação de ver tudo tão lindo e perfeito do alto da montanha”, disse Marina.

Arthur viu na prova uma ótima oportunidade para se motivar ainda mais para o que vem pela frente ainda este ano.

“Achei a prova bem dura, montanha pura mesmo… Para mim contribuiu como uma motivação para treinar mais ainda. Fiquei muito feliz em ter ganho essa prova novamente”, festejou o jovem corredor.

Hamilton Miragaia, atleta da seleção brasileira de trail running, mora em Monteiro Lobato e conhece aquelas montanhas como poucos. Estava feliz por ver toda aquela movimentação de corredores pertinho de casa e fez questão de ressaltar o verdadeiro espírito da corrida de montanha.

“Corrida de montanha é uma comunhão do montanhismo clássico com o trail run. São técnicas de subir e descer escarpas em terrenos desafiadores. É sair totalmente da zona de conforto. O principal objetivo é a paz e autoconhecimento. Junta a isso um clima de competição bem pertinho de casa e tudo fica perfeito”, afirmou Miragaia.

A Copa Paulista de Corridas de Montanha segue com mais quatro etapas. A próxima delas será em 10 de junho, em Campos do Jordão.

Resultado Geral

Curto Feminino

1º – Marina Barreto – 1:22:01

2º – Maiara Gottardi – 1:23:52

3º – Andrea de Almeida – 1:29:48

 

Curto Masculino

1º – Arthur Monteiro – 45:21

2º – Russo Balboa – 55:01

3º – José Silva Filho – 58:19

 

Médio Feminino

1º – Nilza Morais – 1:52:13

2º – Vanessa da Matta – 1:59:04

3º – Mara de Sousa – 2:13:59

 

Médio Masculino

1º – Edvando Nogueira – 1:16:31

2º – Caio Augusto – 1:21:21

3º – Adriano Silva – 1:22:27

 

Longo Feminino

1º – Patrícia Capellini – 2:33:48

2º – Ana Clara Barbosa-2:52:17

3º – Angela Romero – 3:23:26

 

Longo Masculino

1º – Fernando Paes – 2:04:45

2º – José Celso Gonçalves – 2:07:34

3º – Eduardo Paschaol – 2:09:18

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 30/04/2018 at 19:06

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags: , , , ,

Corrida de Montanha com vista para o mar: atletas mediram forças em Ilha Grande no Campeonato Fluminense

Ilha Grande foi o paradisíaco cenário para a terceira etapa do Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha. No domingo (22/04) espremido entre dois feriados no estado do Rio de Janeiro foi de festa para quem curte as ilhas. Atletas iniciantes e alguns mais experientes mediram forças na disputa por valiosos pontos no ranking da competição. Apesar do sol, a temperatura ajudou e os corredores puderam dar o seu melhor.

Numa etapa do campeonato que tem uma pequena corrida na praia e um alucinante cenário com vista para a baía da Ilha Grande, os corredores largaram para três percursos: o curto, de 6K; o médio, de 12K; e o longo, de 18K. Celso Marques, da equipe Acorpar, foi o primeiro atleta a cruzar a linha de chegada, completando o percurso curto em 33:55.  Entre as mulheres, Lucelia Gonçalves Silva, da Angra Runners, fechou os 6K em 41:33.

Cristiane Xavier aproveitou o feriadão no estado do Rio, saiu de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para fazer sua primeira corrida na Ilha Grande. Começou a correr há cerca de seis meses e já faturou o primeiro lugar em sua faixa etária.

“Um percurso muito técnico e competitivo, com muitas subidas. Ilha Grande tem um clima ótimo e o dia estava lindo. E tratando-se daquele cenário, ficamos sem palavras. Foi minha terceira corrida no campeonato e meu terceiro pódio”, festeja Cristiane.

O campeonato segue com outras quatro etapas. A próxima será em 27 de maio, em Lumiar, distrito de Nova Friburgo, na Serra Verde Imperial. Depois Maricá (15/07), Petrópolis (19/08) e Paraty (30/09).

 

Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha – Etapa Ilha Grande

Resultados

Curto Feminino

1º – Lucelia Gonçalves Silva – 41:33

2º – Patrícia Almeida – 51:47

3º – Raquel Cardoso Xavier – 56:15

 

Curto Masculino

1º – Celso Marques – 33:55

2º – Fabiano Silva – 35:32

3º – Marcos Costa da Silva – 37:16

 

Médio Feminino

1º – Elaine Martins – 1:39:17

2º – Claudia Simões – 1:40:23

3º – Lucimar do Carmo – 1:50:36

 

Médio Masculino

1º – Lucas da Rocha -1:12:38

2º – Aroldo da Costa – 1:14:45

3º – Adalberto de Sousa – 1:18:00

 

Longo Feminino

1º – Tatiana Brito – 2:30:48

2º – Gabriela Dias – 2:57:23

3º – Karina Almeida – 3:05:56

 

Longo Masculino

1º – Vicente de Carvalho – 2:01:452

2º – Alexander Barros – 2:17:34

3º – Lauro Ferreira – 2:20:12

 

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 24/04/2018 at 14:18

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags: , , , ,

Espraiado é o ponto de partida da Etapa Maricá do Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha

Maromba, Teresópolis, Ilha Grande e Lumiar. Agora chegou a vez de Maricá receber o Campeonato Fluminense de Corrida de Montanha. Dia 15 de julho, o município entre a Região dos Lagos e a Região Metropolitana do Rio vai receber os atletas para provas de 6K, 11k e 22K. A quinta das sete etapas previstas para a competição acontece na localidade do Espraiado e é considerada por muitos atletas uma das mais duras do campeonato.

Atleta do percurso longo Leandro Corrêa mora em Maricá e está acostumado treinar pelos morros e estradas de terra de Espraiado.

“É uma etapa dura. Como subidas íngremes e pouca sombra. Apesar de estarmos em pleno inverno, o lugar costuma esquentar em dias de sol a pino. Os corredores do percurso longo vão sofrer um pouquinho, mas a vista lá do alto do morro compensa o esforço. É uma etapa que vale muito à pena”, garante Leandro.

Fábio Galvão, organizador do campeonato, ressalta o aspecto competitivo da prova e a disputa por pontos importantes no ranking, mas lembra que outra característica do trail run e das corridas de montanha é a cooperação e a diversão, buscando a harmonia com a natureza.

“Nas corridas de montanha é preciso ser ecologicamente correto, por isso damos na largada e na chegada todo o apoio de hidratação ao atleta, mas no percurso ele deve ser autossuficiente. Nas nossas provas não há pontos de hidratação no percurso”, avisa o organizador.

Espraiado é uma região de serra da cidade de Maricá. Uma boa opção para os atletas depois da prova é o banho na famosa cachoeira do Vale de São Francisco de Assis, a poucos minutos da arena da prova. O local é um dos cartões postais de Maricá.

As inscrições são limitadas e já podem ser feitas no site do evento, onde também há todas as informações sobre a prova, com regulamento, altimetria, premiação e cronograma.

Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha – 2018

Etapa Maricá

15 de julho – largada 8h

Entrega de kits dias 14 e 15

Inscrições e informações: www.corridasdemontanha.com.br

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 23/04/2018 at 14:13

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags: , , , , , ,

Celio Augusto vence os 21K da Copa Paulista de Corridas de Montanha em São Bento do Sapucaí

Depois da largada em Mairiporã, foi a vez de São Bento do Sapucaí receber a tribo dos corredores de montanha para a mais uma etapa da Copa Paulista de Corridas de Montanha. Num belo domingo (11/04)  de sol, quase 200 atletas alinharam para uma largada única às 8h da manhã. Em disputa preciosos pontos no ranking da competição. Depois da largada os corredores se dividiram em três percursos: o curto, de 6K; o médio, de 12K; e o longo, de 21K.

O jovem Arthur Silva, de 16 anos, morador de Monteiro Lobato, cidade vizinha de São Bento do Sapucaí, foi o primeiro a cruzar a linha de chegada. Atleta do projeto de corridas de montanha de Hamilton Miragaia – base da seleção brasileira juvenil -, Arthur fechou o percurso curto em 31:41.  Entre as mulheres, a primeira a cruzar o pórtico, no percurso curto, foi Andrea Cristina de Almeida.

“A prova foi ótima. Gostei muito de correr em São Bento. Confesso que não esperava tanta montanha para uma prova de 6K. Mas fiz o melhor que podia e foi gratificante vencer”, disse Arthur, que corre em montanhas desde os 12 anos.

O principal destaque da prova foi Celio Augusto Rosa, vencedor do percurso longo. Celio está convocado para a seleção brasileira que vai disputar o campeonato mundial de trail run, em maio, na Espanha.

A Copa Paulista de Corridas de Montanha continua em 29 de abril com a etapa Monteiro Lobato. O calendário completo, o ranking atualizado e outras informações estão disponíveis aqui no site.

 

Resultados

Copa Paulista de Corridas de Montanha

Etapa São Bento do Sapucaí

Curto Feminino

1º – Andrea Cristina de Almeida – 52:53

2º – Maiara Gottardi – 53:43

3º – Maria Rosana Fernandes – 55:17

 

Curto Masculino

1º – Arthur Silva – 31:41

2º – Valmir de Moraes – 34:22

3º – Caio Augusto – 37:17

 

Médio Feminino

1º – Nicolly Gimenes – 1:00:33

2º – Andreia Peres – 1:03:04

3º – Nilza Morais – 1:08:47

 

Médio Masculino

1º – Edvando Nogueira – 51:23

2º – Pedro Biselli – 53:20

3º – Juan Moreno – 55:43

 

Longo Feminino

1º – Patrícia Cappellini – 2:24:37

2º – Maria Helena da Silva – 2:37:26

3º –  Simone Westerdin – 2:40:25

 

Longo Masculino

1º – Celio Augusto da Rosa – 1:43:18

2º – Luiz Edmar Caetano – 1:49:45

3º – Ederson Silva – 1:57:20

 

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 12/03/2018 at 16:03

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags:

Teresópolis ferveu na segunda etapa do Campeonato Fluminense

No último domingo (25/02), o Parque Nacional de Montanhas, em Teresópolis, na Serra Verde Imperial, recebeu a segunda etapa do Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha. Depois de uma semana de muita chuva, o fim de semana apresentou condições climáticas perfeitas para os atletas que curtem correr nas montanhas. Cerca de 300 atletas, divididos nos percursos curto, médio e longo, largaram em busca de importantes pontos no ranking da competição.

“O fim de semana foi perfeito para a prática da corrida de montanha de Teresópolis. Como sempre a cidade nos acolheu muito bem e pudemos entregar mais um ótimo evento para os amantes do esporte. A disputa está ficando acirrada e quem correu e pontuou nas duas etapas saiu na frente. Mas ainda temos cinco etapas pela frente e disputa está aberta, mesmo para aqueles que resolverem entrar no campeonato a partir da próxima etapa, em Ilha Grande”, disse o organizador Fábio Galvão Borges, depois da prova.

Depois de alguns quilômetros de estradas de terra e de trilhas na montanha, Ramon Machado Junqueira, da Equipe Agille, foi o primeiro atleta a chegar. Ele completou o percurso curto em 56:15. A primeira entre as mulheres foi Terezinha de Carvalho da Costa, da Resende Eco Runners, que fez o curto em 1:16:09.

Rodrigo Moreira

Rodrigo Moreira, corredor de Petrópolis, estava feliz com seu desempenho em Teresópolis. Depois de ter de cancelar sua ida Maromba – primeira etapa do campeonato -, o corredor foi o vice-campeão em sua faixa etária e já planeja melhorar nas próximas etapas.

“As subidas intermináveis judiaram das pernas e do condicionamento físico, mas o prazer de concluir a prova não tem preço. Foi minha segunda corrida de montanha. Fiquei feliz em cruzar a linha de chegada. Isso me motiva a seguir treinando para melhorar cada vez mais”, disse Rodrigo.

A próxima etapa do Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha será 22 de abril, em Ilha Grande. A competição tem outas quatro etapas: Três Picos, Maricá, Petrópolis e Paraty.

 

 

 

 

 

RESULTADOS

Percurso Curto – Feminino

1º – TEREZINHA DE CARVALHO DA COSTA – 1:16:09

2º – SILVIA LIMA – 1:24:48

3º – MARIANA NUNES – 1:33:05

Percurso Curto – Masculino

1º – RAMON MACHADO JUNQUEIRA – 56:15

2º – MAIK EDSON MOURA DA ROCHA – 1:01:57

3º – ANDRÉ LUIZ FRANCISCO CORREA – 1:02:21

Percurso Médio – Feminino

1º – LUCIA VITO – 1:30:22

2º – CLAUDIA SIMÕES FERREIRA – 1:31:17

3º – ELAINE DE SOUZA VEIGA MARTINS – 1:36:43

Percurso Médio – Masculino

1º – EVERTON COSTA DA SILVA  – 1:05:25

2º – AROLDO DE CARVALHO DA COSTA  -1:05:52

3º – PEDRO MUSSI – 1:10:43

Percurso Longo – Feminino

1º – ADRIANA PEREIRA DA SILVA ROSA – 2:36:49

2º – STEPHANIE KELLY ROCHA JESUS – 2:38:37

3º – LIANE MICHETTI – 2:49:20

Percurso Longo – Masculino

1º – VICENTE LUIZ DE CARVALHO – 1:56:33

2º – SERGIO LINDEMANN – 1:56:38

3º – RODRIGO MACHADO DE OLIVEIRA  – 1:58:43

Comments - What do you think?  Posted by Prudente - 26/02/2018 at 21:42

Categories: EVENTOS PASSADOS   Tags:

Próxima página »