Mairiporã em festa para abertura da Copa Paulista de Corridas de Montanha

Para o staff da Copa Paulista de Corridas de Montanha, incerteza e desconfiança jamais estiveram presentes no período de organização da etapa de Mairiporã, realizada no último domingo (28/01). O resultado foi uma prova digna de abrir um campeonato que promete ser eletrizante até o fim.

Todos os corredores largaram do Clube de Campo de Mairiporã juntos para os três percursos (curto, de 8K; médio, de 12K; e longo, de 19K). No caminho, obstáculos como pedras, trilhas no mato, estradas de terra e algumas subidas que levavam a algum lugar de onde se tinha uma vista deslumbrante. Neste clima, o primeiro corredor a cruzar a linha de chegada foi Renivaldo Santana, que correu os 8K em 43:26. A primeira corredora foi Maiara Gottardi, que cruzou em 1:11:10.

 

Empresária de Ribeirão Preto, Nilza Morais venceu o percurso médio em sua segunda experiência em Mairiporã. A corredora conta a sensação de vencer uma grande subida e chegar no topo da montanha.

“O clima estava uma delícia, fresquinho, terra úmida. Isso favoreceu a prova.  Até a dificuldade em subir a primeira montanha e do Pico do Olho D´água esquecemos quando nos deparamos com aquela vista linda. Não resisti e gritei muito no topo. Mas tudo o que sobe tem que descer. Juro que estava com medo de ver meus dedinhos do pé depois da prova. Foi demais. Estou mega feliz com o resultado. Não esperava vencer.

Que venha São Bento do Sapucaí. Esta eu não fiz por que estava grávida de seis meses. Mas fui acompanhar o maridão. Estou louca para socar o tênis por lá!”, avisa Nilza.

Estudante de Administração em Limeira-SP, Marina Barreto, de 25 anos, apaixonou-se pelas Corridas de Montanha em 2015. Correu algumas provas em 2016 e 2017. Este ano pretende fazer todas a

Nilza Morais

s etapas e lutar por uma boa posição no ranking. Começou bem, vencendo o percurso curto em sua faixa etária.

“A prova foi sensacional. Fiz essa etapa pela primeira vez e foi incrível. A superação dos meus limites fez com que cada quilômetro percorrido valesse á pena. Deixei o cansaço de lado, me dediquei e ganhei forças ao ver aquela paisagem que a subida nos proporcionou”, contou Marina.

Fábio Galvão Borges, organizador do evento, conta que a equipe manteve-se focada o tempo inteiro e sempre confiou que o evento seria um sucesso.

“Organizamos a prova com carinho e seriedade. Em alguns momentos tivemos que lidar com a incerteza e desconfiança de algumas pessoas, por conta da questão de saúde pública. Mas não relaxamos. Nossa equipe se dedicou e com o apoio de sempre em Mairiporã, entregamos um ótimo evento. A Copa Paulista terá mais seis etapas e quem quer brigar no ranking tem que ir somando pontos desde já”, disse Fábio Galvão Borges, organizador do evento.

A próxima etapa será em São Bento do Sapucaí, em 11 de março. Haverá etapas ainda  em Monteiro Lobato, Campos do Jordão, Atibaia, Pindamonhangaba e Santo André.

Para mais informações, resultados e calendário: www.corridasdemontanha.com.br

Fotos da prova: www.facebook.com/corridasdemontanha

Próxima etapa – 11/03 – São Bento do Sapucaí

Copa Paulista de Corridas de Montanha

Etapa Mairiporã – Resultados

Feminino – Curto

1º – Maiara Gottardi  – 1:11:10

2º – Andrea Cristina Italiano de Almeida – 1:12:00

3º – Mara Regina de Sousa –   1:14:25

Masculino – Curto

1º – Renivaldo Santana – 0:43:26

2º – Valmir de Moraes –  0:46:39

3º – Jose Gomes da Silva Filho – 0:50:22

Feminino – Médio

1º – Nilza Morais – 1:24:27

2º – Fernanda Rocha Bucater – 1:27:19

3º – Cleonice Gomes – 1:36:38

Masculino – Médio

1º – Edvando Aparecido Nogueira – 1:03:59

2º – Paulo Edson dos Santos – 1:11:14

3º – Renato Rafino da Silva – 1:16:26

Feminino – Longo

1º – Patricia Capelini – 2:15:42

2º – Patricia Aguiar – 2:15:54

3º – Analice Salvanini – 2:23:24

Masculino – Longo

1º – Ederson Nunes Silva – 1:51:32

2º – José Luiz Silva Gomes – 1:56:34

3º – Paulo Pinto de Araujo Neto – 1:57:23