Luana Medina: a Menina da Montanha

A psicopedagoga de Volta Redonda-RJ Luana Priscila Medina Alves já correu os percursos curto, médio e longo em todas as etapas do Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha.  Aos 33 anos, já experimentos de tudo nas montanhas fluminenses e não é por acaso que é chamada pelos colegas corredores de Menina da Montanha.

Corre o Campeonato Fluminense desde 2014 e em 2018 vai para os percursos longos pelo terceiro ano seguido. Confira!

Como a corrida entrou na sua vida?

Comecei a correr com um grupo de amigos da academia do clube comercial onde eu sempre malhei. O objetivo era perder de peso e amenizar a dor da perda do meu amado pai. Acabamos formando uma equipe chamada ATM – Asfalto, Trilha e Montanha.

E as montanhas? Quando entraram nessa história?

Minha paixão pelas montanhas começou quando participei, em 2014, pela primeira vez da etapa de Penedo do Campeonato Fluminense. Fiz o percurso curto. Foi uma sensação inexplicável e inesquecível. Sempre fui apaixonada pela natureza e desde aquele dia não parei mais.

O que sente ao correr em cenários paradisíacos?

Sinto uma sensação de liberdade. Me sinto mais perto de DEUS e do meu pai quando estou correndo nas montanhas. É sensacional.

E a sensação de se desafiar a cada prova?

Jamais imaginei que iria conseguir correr 18 e 24K na montanha. A sensação é diferente para cada prova. Mesmo já conhecendo o percurso, sempre fico ansiosa pensando no que vou encontrar pela frente. É uma sensação diferente. Difícil de explicar.

Como é sua rotina de treinos?

Atualmente dei uma diminuída nos treinos porque meu corpo estava indo à exaustão. Mas minha rotina sempre foi correr 10K todos os dias, mais 1h30 de musculação. Nos fins de semana faço um longão em estrada de terra. Sempre com algumas subidas.

Suponha alguém que esteja pensando se vai ou não vai para uma corrida de montanha… o que você diria para convencê-la a ir?

Que será uma das experiências mais inesquecíveis de sua vida. Diria que quem corre uma vez na montanha nunca mais conseguirá se afastar dela. Que é mágico!